A Vida Cultural na França

Moro em Aix-en-Provence, uma cidade com mais ou menos 140.000 habitantes no sul da França, região de PACA – Provence, Alpes et Côte-d´Azur, a uns 20 km de Marselha, a segunda maior cidade do país.

Aix é uma cidade universitária. Além da Université d´Aix-Marseille ela abriga também algumas Grandes Écoles (faculdades particulares) de design, ciências políticas, etc.

Friso que uma cidade deste tamanho ou até menor (90.000 hab) é considerada uma cidade média já que as cidades consideradas pequenas possuem de 500 à 10 mil habitantes, o que é muito comum na Europa.

Em todas as cidades tem museus e cinemas. Naquelas um pouco maiores como a minha há muitas opções de cafés e bares temáticos, com encontros semanais de pessoas do Couchsurfing ou encontros com pessoas de vários países para praticar um idioma organizados pelos cafés.

Uma coisa que adoro na França é que em todas as cidades (até naquelas de 10.000 habitantes) possuem uma médiathèque. Na médiathèque você pode emprestar livros, filmes e CDs, ou assistir lá mesmo. São muito bem equipadas, em geral, e estão sempre cheias de pessoas de todas as idades. Ás vezes tem pequenos concertos de música, conferências ou lançamento de livros. Na de Aix por exemplo tem também um pequeno cinema e cada mês é um tema diferente, seja por diretor, seja por país. O cadastro anual nas médiathèques não costuma ser muito caro e em aquase todas é de graça para estudantes/au pairs.

Além disso, há determinados eventos culturais que acontecem em toda a França, como:

  • Uma vez por ano, dia 21 de junho, tem a Fête de la Musique, em todas as cidades, com alguns concertos de artistas locais ou mais conhecidos – de graça.
  • As cidades também têm Les Journées des Portes Ouvertes, os dias das portas abertas, uma ou duas vezes por ano, onde as visitas em todos os museus são gratuitas.
  • O verão é a época de maior atividade cultural e as opção são várias: Cinema à céu aberto, concertos, peças de teatro na rua e até na praia (!), espetáculo de danças nas praças – esses também são de graça.

Para finalizar. como disse anteriormente, há muitas cidadezinhas bem pequenas, os villages, que geralmente são lindas, muito tradicionais e cheias de histórias. Quando posso eu gosto de passar um dia em algumas delas, conhecer castelos, lagos ou o que tiver de atração. Como não tenho carro, eu alugo ( o que é muito fácil por esses sites: www.ouicar.com e www.drivy.com ), ou vou de trem/ônibus ou ainda alguns estudantes se organizam em pequenas excursões para conhecer os arredores.

Além disso há sempre uma infinidade de coisas acontecendo em cada cidade independentemente. Como é a vida cultural na sua cidade?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s

Blog at WordPress.com.

Up ↑

%d bloggers like this: